Lançamento da Rede Cultura Viva

Todos os arranjos e formas de fazer cultura podem ser Pontos de Cultura a partir do dia 5 de outubro, quando será lançada a plataforma Rede Cultura Viva. A cartografia da economia da cultura e a ampliação das redes colaborativas é intrínseca a esse processo e é justamente esta reflexão que queremos fazer com você.
Comitê Popular de São Sebastião - Supernova

A Rede Cultura Viva vai funcionar como um banco de metodologias, trocas, serviços, direitos e dados. Isso significa que a sua entidade, coletivo ou empreendimento, poderá se conectar com qualquer outra grupo de cultura, sem intermediação do Ministério da Cultura. Programe-se para participar deste momento histórico da cultura brasileira.

A partir do dia 5 de outubro, redes, movimentos, entidades e coletivos de todas as linguagens culturais vão poder se autodeclarar Pontos de Cultura por meio da Rede Cultura Viva, uma plataforma prevista pela Lei Cultura Viva. Criada pela Secretaria de Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério e entidades que atuam com base nas políticas de software livre, vai rearticular, ampliar, mobilizar e cartografar a base social cultural do País. 

Mais do que um site de cadastro, a Rede vai funcionar como um banco de metodologias, trocas, serviços, direitos e dados. Por meio dela também será possível uma experimentação ampliada de cogestão de políticas culturais, uma vez que a rede proporcionará relação direta entre o estado e a sociedade. O lançamento da Rede Cultura Viva, será no dia 5 de outubro, das 9h às 20h, no Memorial Darcy Ribeiro, na Asa Norte, Brasília - DF.

Presenças confirmadas:

Juca Ferreira - Ministro da Cultura
Ivana Bentes - Secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural
Mãe Izabel Cristina - Ponto de Cultura Caminhos da Mesa
Sônia Guajajara - Presidente da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil
Jandira Feghali - Deputada Federal
Jean Wyllys - Deputado Federal
Anderson Quack - Diretor da Fundação Cultural Palmares
Ladislau Dowbor - Economista
Roberto Marinho - Secretário Adjunto da Secretaria Nacional de Economia Solidária
Renato Simões - Secretaria Geral da Presidência da República


Debates:
10h às 12h30 - Abre o Código! Desenvolvimento colaborativo de plataformas para a cultura

14h às 16h - Redes de Mídia Livre: articulação, narrativas e ferramentas

14h às 16h - Cultura LGBT: Expressões e Identidades

16h às 18h - Economia Viva. Da auto declaração as Redes Colaborativas

19h - Lançamento da Plataforma Rede Cultura Viva

20h - Programação Cultural e festa de encerramento

Programação Cultural:

Cia de Arte de Negra Obará
Martinha do Coco
DJ Barata ( Criolina)
Treme Terra e Coco de Umbigada
Intervenção Visual - Alexis VisualFarm

Fonte: SCDC - Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultura do MinC

SuperNovas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram