BANDA TRAMPA Live in San Sebastian City: Somos iguais na dor.

Neste sábado, 05 de abril de 2014, a Trampa desce mais uma vez a São Sebastião para compartilhar seu som e sua energia com a galera roqueira da cidade. Parceiros, desde sempre, do Movimento SuperNova, a banda já se apresentou diversas vezes nos saraus do coletivo. Nunca cobrou cachê. Nem mesmo ajuda de custo. Muito ao contrário, às vezes desciam com equipamento próprio pra ajudar a compor a cena local. Acompanhamos, com alegria, a ascensão da banda no cenário do rock independente de Brasília e mesmo agora, passados os anos e dona de um reconhecimento e notoriedade na cena regional, a Trampa não se furta de descer à nossa casa, sem cobrança de cachê, para nos fazer bater cabeça com a fúria com que nos presenteia ou fazer nossa cabeça com o lirismo messiânico de André Noblat, que nos ensinou que, apesar das diferenças, "somos iguais na dor" pois sua música, ao mesmo tempo que sacode, levanta e agita, nos faz refletir sobre a nossa condição e nos incita a lutar por direitos com a energia própria do rock'n'roll. Nós, do coletivo Supernova, estivemos juntos com a Trampa no show que lotou as dependências da sala Villa-Lobos do Teatro Nacional de Brasília em 2008. Estivemos como atores coadjuvantes na gravação do Clipe "Haiti" que teve uma boa parte gravada em nossa cidade, nas nossas olarias, com atores da nosso movimento, o que muito nos honra. Assistimos alegremente a ida da banda ao Programa do Jô como se fossem nossos primos ou colegas do ginasial. Acompanhamos passo a passo a participação da banda no Gás Sound da RedeTV, da qual foram semifinalistas, como se torce num reality show. Ajudamos a lotar a Sala Villa-Lobos quando a banda se apresentou em concerto com a Orquestra Camerata do Brasil regida pelo Maestro Sílvio Barbato. Fomos ao show de lançamento do DVD. Enfim, uma relação de amor e parceria da qual nos orgulhamos e aguardamos com ansiedade pelo show que se aproxima. No release da banda encontramos que "a apresentação da banda Trampa é uma mistura de motivação, energia e cativação através de letras elaboradas, muitas de cunho social, e o vigor que é característico do Rock. Com a intenção sempre presente de indagação e questionamento sobre fenômenos sociais, políticos e relacionais, junta-se a vontade de agitar o público com levadas enérgicas, muitos riffs de guitarra e muita presença de palco." É isso que esperamos no show que vai entrelaçar ainda mais o destino de sucesso dessa banda com o destino de sucesso da nossa comunidade e do nosso movimento, pois mesmo tendo chegado ao mainstream a Trampa não perde a organicidade na relação com seus fãs de São Sebastião e do Distrito Federal. Vida longa à Trampa!
Integrantes:
André Noblat - voz
Arnoldo Ravizzini - bateria 
Pedro “Bap” - baixo
Rafael Maranhão - guitarra
Rodrigo Vegetal - guitarra
Telefone: 61 83018893
E-mail: trampa.rock@gmail.com
No clipe, realizado numa das olarias da cidade, atores e figurantes são do Movimento e  de São Sebastião.

SuperNovas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram