!!!! Não é apologia às drogas!!!!

Eu sei que todos vocês sabem que a maconha faz mal... E que todos sabem que ela é nociva para os neurônios. E também que a maconha atrapalha tudo o que o indivíduo faz. E também que muita gente morre por causa do tráfico dela e que o tráfico dela tem que acabar e pronto.


Mas o que talvez vocês não saibam é o que seria o mais simples e óbvio modo de se acabar com o tráfico e suas mazelas: ora, se uma coisa não for ilegal, por que alguém haveria de vender clandestinamente? Na verdade tudo não passa de uma questão de conceitos. E do que as pessoas fazem para defender seus conceitos.

Pelo amor de deus, o que digo aqui não é em absoluto apologia ao uso de qualquer tipo de droga, mas minha visão é a seguinte: por que essa ditadura? Por que usar de meios como a ilegalização para impedir um cidadão (que, tecnicamente, pela constituição vigente, goza de plenos direitos de escolha, liberdade e expressão) de cuidar da sua própria vida e saúde? E por que gerar a morte de tanta gente pela vida de uma minoria que não quer viver, sendo que mesmo assim sempre se pode adquirir a droga da maconha (desculpe o trocadilho, mas eu adoro esses trocadilhos infames...) por meios clandestinos sem que as autoridades venham a perceber?

Quer dizer, qual é a real vantagem da proibição do uso de certas drogas?

O que gera essa exacerbação da utilização de recursos violentos é justamente a manutenção da prosperidade do tráfico, a defesa dos esquemas de tráfico.

Pensemos: e se as drogas fossem legalizadas? Por que os traficantes haveriam de se confrontar com os policiais? E por que tantas crianças seriam empregadas em empreitas tão perigosas? E por que os traficantes seriam mecanismos mantenedores da indústria armamentista? E por que os traficantes teriam que se proteger tão enclausuradamente, através de tanta arma, e tanta morte, e tanta violência, e tanto sangue, e tanta exploração à base da força?

Essa é justamente a explicação e a essência do tráfico: tanta violência se dá por que o tráfico é perigoso para quem trafica. Por que o produto é ilegal. A maioria das coisas ilegais segue caminhos semelhantes: o do crescimento rápido das estruturas que traficam, que acabam se tomando verdadeiras sociedades. É assim com o tráfico de CDs piratas. É assim com a pirataria de brinquedos e todas as muambas do Paraguai. É assim com o tráfico de softwares. É assim com o tráfico de órgãos. Foi assim com o tráfico de escravos. As sociedades se organizam em torno dos tráficos.

No final das contas, o que perderemos com a legalização? Quem quiser se matar, que se mate! Quem souber consumir, consuma! Mas não matem os inocentes. Porque só quem sofre mesmo é quem não tem nada a ver com a história.

"A liberdade só é corrosiva pra quem é livre, mas a proibição e nociva pra todos".



Devana Babu

“Gazeta do Oprimido”

SuperNovas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram