NÍVEA E PEDRO IRMÃOS BROS Edvair Ribeiro homenageia em versos irmãos desportistas


Quero aqui pedir licença
Com toda sinceridade
Pra chamar de minhas crianças
Os dois pretos cidade
Que com garra e confiança
Lutando contra a adversidade
Sem perder a esperança
Conquistaram a notoriedade

Aos meus pretos “Mouras Bros”
Rendo minhas reverencias
Escrevo de peito aberto
Para suas excelências
Por que nunca tive duvidas
Que alcançariam êxito
Por conhecer suas condutas
Desde os tempos do berço

Com o peito inflado de orgulho
Penso que tenho direito
Vou dizer aos “Moura Bros”
E pra mãe dessa dupla de respeito
A dona aparecida guerreira
Que é também campeã por direito
O ao pai Lourival em memoria
Vocês são de um clã de respeito

Aos “Moura Bros” Pedro e nívea
Afirmo que os seus nomes
Já estão escritos nos anais 
eternos da nossa historia
Pois conquistaram vitorias
Em tatames internacionais
A agora são temas constantes
Das boas novas dos jornais.

“Moura Bros” dupla de raça
Filha e filho da cidade
Que foi pilar da construção
Da capital da esperança
Brasília sonho dourado
Fornecendo os tijolos
Pra erigir os prédios
Da cidade em expansão

Nome dessa cidade
Berço da natalidade
De Pedrinho e Nívea Moura
É São Sebastião de Brasília
Que se pode ser alcunhada
Como mãe de sua mãe
Ainda que seja sua filha

Edvair Ribeiro, poeta do Movimento SuperNova

paulo Dagomeh

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram