POR SÃO SEBASTIÃO: Supernova apresenta demandas ao GDF

Na tarde do dia 28/08, representantes do Movimento SuperNova foram recebidos no Palácio do Buriti pelo Coordenador de Articulação Intergovernamental do GDF, Reinaldo Gomes. Na ocasião os membros do coletivo da cidade de São Sebastião relataram brevemente sobre suas atividades na localidade com ênfase no projeto que realizam, mensalmente, há um ano denominado Domingo no Parque cujo teor e reivindicações constavam de um documento entregue na ocasião. Todos os meses, das 14h às 19h, sempre num domingo, no Parque Ambiental do Bosque, em São Sebastião, os membros e simpatizantes do Movimento Supernova reúnem-se para o evento que conta com manifestações artísticas que possibilitam à população contato com diversas expressões culturais. São shows musicais, apresentações de teatro, declamação de poesia, cama elástica, pintura de rosto, mala do livro, jogos, brincadeiras, sorteio de brindes e gibiteca.
Tomado oficialmente como área de proteção ambiental há 17 anos, pode-se dizer que o Parque do Bosque está para São Sebastião, assim como a floresta amazônica está para o resto do mundo. Ou seja, é o pulmão ecológico da cidade.  Possui uma área de 187 mil m2 - equivalente a uns 20 campos de futebol - e está localizado entre os bairros Vila Nova e Residencial do Bosque. Apesar de algumas melhorias realizadas entre 2007 e 2011, o Parque acha-se em processo de degradação e, considerando que o artigo 225 da Constituição Federal declara ser dever de toda a coletividade defender e preservar o meio ambiente para presentes e futuras gerações o Movimento Supernova busca, nesse sentido, dar sua contribuição para a preservação daquele que consideram ser o seu maior patrimônio ecológico.
 A entrega do documento ao governo sinaliza a vontade do coletivo de dialogar com o poder público no sentido de potencializar a ocupação do espaço pela comunidade na tentativa de minimizar os efeitos da violência urbana que se acirrou sobremaneira nas últimas semanas onde vários jovens perderam suas vidas e várias famílias perderam seus entes queridos na guerra entre gangs rivais espalhadas pelos bairros de São Sebastião.
O representante do governo, Reinaldo Gomes, demonstrou disposição para a implantação das idéias levadas pelo coletivo de São Sebastião e prometeu uma visita in loco num dos eventos para conhecer melhor a atividade e aprofundar o debate da proposta, prometendo, enquanto isso, promover articulações no sentido de atender às demandas apresentadas pelo grupo formado por Nanah Farias, Coordenadora Geral do Movimento que foi acompanhada por Priscilla Sena, uma das coordenadoras do domingo no parque, além de Paulo Dagomé e Devana Babu.
No final da reunião, todos saíram satisfeitos com a realização do encontro e desejosos de continuar o debate, reiterando o potencial do projeto como exemplo de atitude a ser copiada por outros coletivos no sentido da ocupação das cidades pelos seus cidadãos a partir de medidas simples com foco na parceria entre poder público e comunidade.


SuperNovas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram