Descaso na Saúde em São Sebastião. Até quando?!?!?!

Desrespeito com o usuário dos serviços públicos na unidade de saúde do bairro João Cândido, em São Sebastião.
Depois de um mês de espera, moradores dos bairros Vila Nova e João Cândido madrugaram hoje em frente à unidade de saúde básica do João Cândido, com esperança de receber atendimento médico. Depois de quase duas horas de espera, às 8 horas da manhã, a maioria das mais de 70 pessoas que ali estavam tomou conhecimento de que não seriam atendidas, pois só seriam distribuídas 40 senhas e elas se esgotaram na 15° pessoa da fila. Isso por que o critério na distribuição das senhas, através de uma regra oficiosa, permite que uma pessoa possa receber mais que uma senha, o que faz com que as senhas se esgotem antes de atingir a quadragésima pessoa da fila.  Mas o mais grave, o absurdo da situação, é o desrespeito com a população que, tendo que aguardar um mês para ser atendida e ainda se submeter a número limitado de 40 vagas por mês, ainda se submete a este absurdo critério, como se os problemas de saúde de cada pessoa respeitasse as regras dos números e se manifestasse dentro do parâmetro estabelecido pelo órgão do governo, que estabeleceu esta norma injusta. A população usuária do serviço de saúde pública é tratada com descaso pelos profissionais responsáveis pelo gerenciamento do sistema. Quem estabeleceu esta norma de 40 atendimentos mensais por unidade de saúde não demonstra nenhum respeito pela população que necessita da essencialidade desse serviço.  Depois do anúncio de que as senhas haviam se esgotado, o que se viu foi a revolta, tristeza e descrença nos rostos das pessoas. Revolta pelo desrespeito. Tristeza por não conseguir atendimento. E a descrença, bem...
Este é um sentimento geral, causado pela ineficiência de um sistema de saúde que foi o carro chefe da campanha do governo que estas mesmas pessoas elegeram, com esperança ter o problema solucionado o que, até agora, não aconteceu.
Confira nas imagens abaixo:




Edvair Ribeiro
1º de setembro de 2011

Revisado por Daniel

SuperNovas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram