Grunge, baby

Como prometido, aqui está ele revigorado e forte, o Escutaí! Hoje eu vou falar de uma parceria que deu muito certo que foi a do Alice In Chains e Pearl Jam na música "Alone". Mas vamos por partes.


Alice in Chains

Uma das melhores e bem sucedidas bandas de rock dos anos 90, Alice faturou mais ou menos 15 milhões de dólares na época. Acho que como deu pra perceber, gosto muito das vozes roucas, sendo assim a voz do Staley se encaixa perfeitamente pra mim. Apesar de fazer parte do quadro de bandas grunge da época, Alice tem muito mais elementos de heavy metal do que punk. Torna-se assim, única no gênero. Apesar das pegadas mais pesadas, eles não deixam escapar a leveza nas palavras, nem o conteúdo delas, como por exemplo na música "Rooster", "I stay away", "Nutshell", "Drug of Choice". Mesmo gravadas em estúdio, a emoção passada ao vivo ou não é a mesma, e isso poucas bandas conseguem manter. Layne Staley se entregou as drogas, fazendo com que a banda não se apresentasse por um grande período. Ele morreu em 2002. A banda ficou parada por 3 anos, e voltou a se apresentar com um novo vocalista em 2005, num concerto beneficente às vítimas do tsunami.
Na minha opinião, Alice in chains é uma das melhores bandas dos anos 90. Como costumo dizer, a música terminou nessa década, mas eles são uma das excessões, diante de todo o resto de bandas remanescentes da época que se venderam por um público maior. Diferentemente, eles continuam com o mesmo estilo, apesar de alguns fãs se manterem fiéis ao Layne, a grande maioria apóia a permanência de William DuVall.



Pearl Jam

Contrapondo Layne, o vocalista do Pearl Jam, Eddie Vedder, tem um timbre de voz que me irrita muito: o anasalado. Porém, ele soube usar muito bem de forma que não fique tão abafado, usando entonações mais altas. Pearl Jam é uma das bandas mais respeitadas do grunge, principalmente pelo caso com a Ticketmaster (empresa que monopoliza a venda de ingressos no solo americano). Eles entraram na justiça exigindo para que o ingresso fosse mais barato, para ser mais acessível aos fãs. Uma banda de Seattle que era apenas conhecida por ter vindo da mesma cidade que Jimi Hendrix, hoje é uma das poucas bandas que continuaram desde aquela época, e como eu disse, mantendo o seu estilo. Gravaram 10 albúns no estúdio, e uma vez fizeram um COMBO com 72 cds duplos, que traziam os shows na íntegra. As suas músicas mais famosas são "Jeremy" (eles lançaram esse clip na MTV somente nesse álbum "Ten"), "Alive", "Black", "Last Kiss", contudo, eu gosto mais da "Wishlist". Acho que é uma música bem equilibrada, completa e extremamente boa. Uma das coisas que respeito na banda, é a forma que eles divulgam seu trabalho. Explicando num campo de visão maior, digo, que eles me dão um certo orgulho por não usar programas de TV e entrevistas sem fundamento para promover a banda, como alguns artista do rock fazem no Brasil (Pitty). Usavam apenas a sua música para se divulgar, e ela foi suficiente para arrastar milhares de fãs para suas apresentações até hoje.

A união dos grandes titãs

Na música "Alone", composta por um time de gênios, eles acharam o ponto de equilibrio entre a diferença das vozes. Apesar de serem bandas superficialmente parecidas, o que mais me chamou a atenção foi a sincronicidade das duas bandas. Sim, eu admito que prefiro as vozes roucas, mas nessa música Eddie subiu no meu quesito. Não ficou de forma alguma uma coisa como: "Eu canto uma parte e você a outra". Juntos fizeram um ótimo trabalho, resultando em uma das melhores parcerias da música. Se não me engano, foi gravada em 1992. Fala sobre um cara que viu sua mulher indo embora, e a única coisa que ele não quer é ficar só. Talvez o tema seja um clichê, mas foi bem incomum que símbolos do grunge, conhecido mais por suas guitarras com distorções sujas, uma voz rasgada e extensa, ficou com uma suavidade incomparável.
Por essa e outras razões, ganhou o Escutaí de hoje.



Anne K.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Olá !

    Legal o Blog
    Tem alguns posts bem bacanas.

    A musica "Alone" não é do Alice in Chains, e muito menos do Pearl Jam.

    Esta musica é de uma banda chamada Downface, de 1997. É apenas mais uma banda fan de Grunge.

    Segue o link do myspace deles, onde você pode localizar a musica em questão tanto na versão mais famosa (acústica) quanto em uma versão "plugada" !

    http://www.myspace.com/downfacewi


    Alento ~*

    ResponderExcluir

Instagram